segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Estudo dirigido para o Teste Global de Biologia - 2 ano do E.M

ESTUDO DIRIGIDO - Taxonomia e Sistemática e Estudo dos vírus e viroses- PARA O 2 ANO DO ENSINO MÉDIO-

Questão 01- Ao analisar a figura abaixo, por que podemos afirmar que os taxos superiores têm mais espécies que os taxons inferiores?



Questão 02- Quais são as regras principais para se denominar uma espécie segundo a nomeclatura binomial estabelecida por Lineu?

Questão 03- Com base no quadro abaixo, quantas espécies e gêneros diferentes existem nesta lista? (clique na imagem abaixo para amplia-la, se necessário você achar).



Questão 04- Qual é a diferença, segundo critérios taxônomicos contemporâneos, que diferem o conceito de raça do conceito de sub-espécie? Por que ambos estes conceitos são errôneamente aplicados ao se definir diferentes etnias humanas?



Questão 05- Classifique os seres vivos abaixo em um determinado Reino



a) Seres eucariontes uni e pluricelulares como as leveduras, o mofo e os cogumelos. Já foram classificados como vegetais, mas sua membrana possui quitina, molécula típica dos insetos e que não se encontra entre as plantas. São heterótrofos (não produzem seu próprio alimento), por não possuírem clorofila.


b) Caracterizam-se por ter as células revestidas por uma membrana de celulose e por serem autótrofas (sintetizam seu próprio alimento pela fotossíntese). Existem cerca de 400 mil espécies de vegetais classificados.


c) Seres unicelulares (formados por uma única célula) procariontes (células sem núcleo organizado). O material hereditário é constituído por ácido nucléico no citoplasma. São as bactérias e as cianófitas (algas azuis), antes consideradas vegetais primitivos.




d)Seres unicelulares ou pluricelulares eucariontes (que possuem núcleo individualizado). Seu material genético está organizado nos cromossomos, dentro do núcleo. Representados por protozoários, como a ameba, o tripanossomo (causador do mal de Chagas) o plasmódio (agente da malária), que até a metade do século XX eram considerados animais primitivos e algas unicelulares e pluricelulares.

e) São organismos multicelulares e heterótrofos (não produzem seu próprio alimento). Englobam desde as esponjas marinhas até o homem, cujo nome científico é Homo sapiens.




Questão 06- Com base em critérios estruturais, evolutivos e metabólicos; descreva os vírus segundo.


(a) Estrutura celular


(b) Metabolismo


(c) presença de material genético


(d) Reprodução


(e) Relação ecológico predominante com outras espécies


(f) Especificidade parasitária


(g) Capacidade mutagênica


(h) Estrutura e composição bioquímica


Questão 07- O que são vacinas? Como estas funcionam na profilaxia (prevenção) de doenças virais? Por que uma vacina produzida para a imunização a uma determinada doença viral pode não funcionar?




Questão 08- Por que razão os RNA vírus têm uma capacidade mutagênica bem maior que os DNA vírus? Qual a razão para as vacinas para RNA vírus apresentarem limitações na eficiência de imunização ativa das populações humanas e animais?


Questão 09- Por definição qual é a diferença entre vírus e vírion?


Questão 10- Qual a razão da extrema dificuldade de se realizar um tratamento direto a eliminação do vírus do organismo humano? Qual é o tratamento mais comum dados a melhoria da qualidade de vida do paciente nos casos de viroses?


Questão 11- Durante as viroses é muito comum as infecções oportunistas de origem bacteriana. Qual a razão para tal fenômeno?


Questão 12- Esquematize e descreva os ciclos líticos e lisogênicos vistos na virologia. Qual a diferença fundamental entre estes dois ciclos?

Questão 13 - Até o final da década de 70 do século XX acreditava-se que o ciclo lisogênico era inofensivo aos seres pluricelulares? Por que razão esta idéia não é correta diante a evidências vistas em vírus como os causadores do HPV e hepatite C como origem de cânceres? Qual a razão provável para que vírus lisogênicos possam ser causadores específicos de cânceres?




Questão 14 - Descreva com base nos estudos de virologia o tipo de vírus (DNA ou RNA vírus), modo de transmissão, sintomas e profilaxia (principalmente se há ou não vacina eficiente) das seguintes doenças virais;

Sarampo

Rubéola

Catapora

Poliomelite

Gripe

HPV

Mononuclease viral ou bacilar

Caxumba

AIDS

Hepatite A


Hepatite B

Hepatite C


Raiva ou Hidrofobia


Dengue


Febre amarela

0 comentários: